PRINCIPAIS SERVIÇOS

GERENCIAMENTO, OPERAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO

Além de fornecer e operar nossas Estações de Tratamento de Água e Efluentes, Gerenciamos e Operamos Estações já implantadas, englobando:
 

  • Contratos mensais de gerenciamento e acompanhamento incluindo os químicos necessários;
  • Estudos prévios de otimização de rendimento e redução de custos;
  • Provas via "jar test" e ensaios de tratabilidade;
  • Estudos comparativos de coagulantes, floculantes, alcalinizantes e oxidantes;
  • Análise crítica de operação e proposição de melhorias operacionais e de custo;
  • Manutenções Preventivas e Corretivas;
  • Trocas de cargas e elementos filtrantes (resinas, zeólitas, cristais de quartzo, antracito, etc)
  • Treinamento personalizado de operação;
  • Automatização de operação de filtros (reduz a mão de obra das operações)
     

DOCUMENTAÇÃO / REGULARIZAÇÃO / CONTROLE DE QUALIDADE ANVISA, COVISA, DAEE CETESB
 

A MAXIAGUA cuida de toda parte de Documentação e Regularização referente a captação, tratamento e uso de sua água, junto aos Órgãos Responsáveis como:
 
DAEE - SP - Departamento e Águas e Energia Elétrica do Estado de SP: Licenças de Perfuração, Outorgas de Uso para Captações e Lançamento de Efluentes, incluindo: Poços, Minas, Cacimbas, Rebaixamento de Lençol Freático, e lançamentos de efluentes por ETE's.
 
ANVISA / COVISA/ CMVS: Atendimento da Resolução Estadual (SP) SS65 e Municipal:  Portaria 2.755 (Cidade de SP), com cloração de água, análises de água, Responsabilidade Técnica dos Tratamentos, Entrega de Documentação, Cadastro e Renovações anuais, para total atendimento das exigências Legais.
 
CETESB: Solicitações de "Parecer Técnico", estudos em áreas contaminadas, estudos de remediação, e outros procedimentos.
 
 Legislações Específicas em outros Estados

CLORAÇÃO PARA ATENDIMENTO DA MS 2.914/SS65/PORT. 2.755

Além da exigência legal a nível Federal (MS 2914), Estadual (SS65) e Municipal (2755) a cloração de sua água é de grande importância, pois previne e controla problemas bacteriológicos preservando a saúde dos usuários.
 
A MAXIAGUA realiza processos de cloração de água com sistemas automáticos de dosagem e monitoramento, acompanhados de um item de grande importância que é o controle simultâneo de corrosão e incrustações nas redes, que permite a aplicação de menores teores de cloro com melhores resultados nos pontos finais de consumo, proporcionando assim uma ação mais eficiente do cloro e sem as alterações indesejadas de cor e turbidez na água que poderiam torna-la não potável para o consumo humano.

GERENCIAMENTO DE POÇOS E "BOT"

Uma opção de perfuração, para consumidores que não querem correr qualquer risco e ter a garantia de fornecimento de água, são os contratos tipo "BOT" (Build-Operate-Transfer) onde a MAXIAGUA assume todos os custos com a perfuração de poços ou captações e seu tratamento, garantindo totalmente  para o Cliente o fornecimento de água potável ou industrial, e cobrando por m³ de água produzida ou tratada, com forte redução de custos se comparada com a compra de água da Concessionária Pública.
 
Ao termino do Contrato no período previamente estipulado, o sistema em perfeita operação é entregue ao Cliente sem qualquer custo adicional. 

MINERAÇÃO

Poços na mineração têm características diferenciadas e requerem cuidados particulares. As características Geológicas requerem fluídos complexos e processos de desenvolvimento muito mais eficientes e poderosos.

Para atender estas necessidades de “desenvolvimentos” mais poderosos, criamos e patenteamos aplicações com NO RUST e FERBAX, para fluídos orgânicos “CMC” e/ou outros polímeros orgânicos e inorgânicos, e lançamos o NO RUST “D” para fluídos à base de bentonita ou mistos desta.

A alta capacidade de dispersão do NO RUST, somada a forte redução de pH, desestabiliza os polímeros e permite aos resultados muito além dos obtidos no passado, com um “desenvolvimento” rápido e altamente eficiente, que se traduz em maiores vazões exploráveis e redução do número de horas de bombeamento com ar comprimido.

A aplicação combinada do FERBAX descompõe os polímeros orgânicos e proporciona uma desinfecção muito eficiente já no “desenvolvimento”, principalmente nos casos de utilização de polissacarídeos e outros.

O NO RUST “D” tem sua ação direcionada para dispersão de argilas e bentonita, e assim, furos com fluído a base desta, ou outros fluídos, onde se fez necessária sua aplicação conjunta, o NO RUST “D” pode ser aplicado antes do NO RUST, somando e potencializando reações de dispersão dos fluídos e reboco.
 

PERFILAGEM ÓPTICA EM TUBULAÇÕES E EQUIPAMENTOS

Acompanhar os processos de desincrustação de redes por perfilagem óptica tem sido um grande avanço, pois a análise digital das imagens permite um maior conhecimento do problema e dos resultados obtidos. 

Possuímos câmera para estas perfilagens ópticas, que podem ser empregadas também na análise de tubulações de equipamentos e outros usos, como a investigação do mexilhão dourado nas Usinas de Geração de Energia.

PERFILAGEM ÓPTICA EM POÇOS

Muitas vezes problemas em poços estão relacionados com problemas construtivos ou causados por incrustações e corrosão. Para uma melhor elucidação do caso podemos utilizar a ferramenta de perfilagem óptica nos poços.


As imagens captadas podem ser fundamentais no diagnóstico do problema e proposição da melhor solução para o caso. Efetuamos estes trabalhos, além de Parecer Tecnico sobre filmes já realizados, análises dos casos, e propostas de solução dos problemas.